INcolor.

Dizem que as cores são apenas reflexos da luz.

Então tudo seria uma questão de ângulo?

De foco, intensidade, direção, projeção?

Talvez seja posição.

Eu era tinta apenas quando estava no balde?

Derramei. Espalhei. Sujei. Misturei. Criei.

Eu era cor apenas quando era azul, vermelho e verde?

Isso me parece tão primário.

Parecia que eu não mais pintava.

Hoje eu sou tinha D’água. Guache. Esmalte. Maquiagem. Óleo. Verniz. Cal…

E continuo corante. Pigmento. Mas agora para qualquer superfície.

A arte sempre depende do talento de quem usa a cor.

Mesmo que seja Líquida. Pastosa. Spray. Pó.

Depende da Dosagem, da Mistura, do Pintor.

Tons. Semitons. Uma mão. Duas ‘mão’. Demão. Intenso. Desbotado. Arco-íris. Aquarela.

Sem cor? Não! Em cor. E ao vivo, sempre.

Anúncios

5 respostas para “INcolor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: